Fitoterapia e Plantas Medicinais

A fitoterapia estuda as plantas medicinais e as suas funções no tratamento de doenças. São cada vez mais utilizadas, mas é importante saber que as plantas, assim como os medicamentos, comportam riscos para a saúde. Por isso, é essencial obter uma informação clara e correta antes de um tratamento com base na fitoterapia e plantas medicinais.
Saber mais

Duração:

24

horas

Datas previstas

4.ª feira, 18:30-22:30:

25-09-2024

E-learning (videoconferência)

A fitoterapia tem como finalidade estudar as plantas medicinais e as suas funções no tratamento de doenças. Enquanto a farmacologia isola o princípio ativo, que é a substância responsável pelos efeitos terapêuticos que pode ser encontrada nas plantas medicinais. Estas são cada vez mais utilizadas, mas é importante saber que as plantas, assim como os medicamentos, comportam riscos para a saúde. Por isso, é essencial obter uma informação clara e correta antes de um tratamento com base na fitoterapia e plantas medicinais. Ou seja, conhecer estes produtos e as suas utilizações, de maneira a prestar o melhor aconselhamento ao cliente, é de grande importância.

No final deste curso, o formando deve saber identificar os benefícios e riscos do uso dos produtos de saúde com base na fitoterapia e plantas medicinais. Vai saber fundamentar o aconselhamento e a dispensa destes produtos e conhecer a problemática das interações entre os diferentes constituintes bioativos, bem como os possíveis efeitos indesejáveis.

A forma mais comum de as pessoas utilizarem as plantas medicinais é seguindo métodos tradicionais. O uso de plantas para tratar doenças remonta aos primórdios da humanidade. Mas saber manipular, conservar e preparar cada tipo de erva ou remédio dela derivado é fundamental para garantir o efeito desejado. São usadas no quotidiano nas mais diversas situações, em chás e infusões, suplementos alimentares, banhos, inalações, massagens com óleos ou cremes, sabonetes, loções, etc.

Fitoterapia e plantas medicinais: o que é natural é bom, mas é preciso cuidado

A crença de que tudo o que é natural é inócuo está profundamente errada. As plantas utilizam químicos para se defenderem ou para atraírem insetos e aves que intervêm na polinização. Portanto, algumas das substâncias que produzem podem ter efeitos positivos no organismo humano, enquanto outras provocam danos graves.

O uso crescente das plantas medicinais e dos seus derivados exige uma abordagem cuidada e detalhada, para que se possa colher os seus benefícios em segurança. Estes produtos estão acessíveis a todos, nos supermercados, na internet, em lojas de especialidade. Isso torna mais importante ainda identificar corretamente e saber utilizar com segurança, com base no enquadramento científico.

Também é importante distinguir entre as próprias plantas medicinais e a fitoterapia. Os produtos fitoterapêuticos são remédios, que passam por uma rigorosa avaliação de segurança e eficácia em seres humanos, com uma concentração de ativos padronizada. Isto nem sempre acontece com as folhas usadas em infusões.

Atualmente, a fitoterapia oferece medicamentos de preparação farmacêutica sob a forma de extratos, pomadas, cápsulas, ultradiluições e, de forma industrializada, com extratos puros e homogéneos da planta. Usam como matéria-prima as folhas, caules, raízes, flores e sementes de plantas.

Muitas destas plantas com poder medicinal, contêm substâncias venenosas ou tóxicas. Portanto, têm de ser usadas doses menores. Grandes quantidades de substâncias desconhecidas podem provocar alergias, cólicas abdominais, diarréias, vómitos, entre outros sintomas.

Válido para efeito do cumprimento das 40 horas de formação obrigatória de acordo com o Código do Trabalho.
Ver mais +

Objetivos

  • adquirir conhecimentos básicos sobre a utilização terapêutica de fármacos de origem vegetal;
  • saber determinar a importância e interesse atual da fitoterapia;
  • saber identificar os benefícios e riscos do uso dos produtos de saúde à base de plantas;
  • possuir conhecimentos que permitam fundamentar o aconselhamento e a dispensa destes produtos, reconhecendo interações entre diferentes constituintes bioativos, bem como possíveis efeitos indesejáveis;
  • avaliar a qualidade, segurança e eficácia dos fármacos de origem vegetal.

Duração

24

horas (aulas teóricas)

Custo

190

Também aceitamos pagamentos com:

Ticket Educação
Ticket Ensino

Pré-requisitos

Público-alvo

Ver programa

  • Conceitos gerais em fitoterapia
  • Utilização das plantas medicinais pelo Homem ao longo do tempo
  • As plantas medicinais nos dias de hoje
  • Noções de etnobotânica e de etnofarmacologia
  • Enquadramento legal e regulamentação da fitoterapia e dos produtos à base de plantas
  • Conceitos em Fitoterapia
  • Droga
  • Fármaco vegetal
  • Planta medicinal
  • Medicamentos à base de plantas
  • Qualidade, segurança e eficácia das plantas medicinais
  • Obtenção de fármacos vegetais
  • Identificação, colheita e conservação de plantas medicinais
  • Armazenamento e acondicionamento de plantas medicinais
  • Controlo de qualidade de plantas medicinais
  • Métodos de obtenção de fármacos vegetais
  • Extratos
  • Chás medicinais
  • Óleos gordos vegetais
  • Tinturas
  • Utilização das plantas medicinais na obtenção de moléculas com atividade terapêutica, para desenvolvimento de novos medicamentos
  • Plantas medicinais mais comuns utilizadas na terapêutica
  • Plantas medicinais com ação no sistema nervoso central
  • Plantas medicinais com ação no aparelho respiratório
  • Plantas medicinais com ação no aparelho cardiovascular
  • Plantas medicinais com ação no aparelho locomotor: afeções reumatismais e cutâneas
  • Plantas medicinais com ação no aparelho geniturinário
  • Plantas medicinais com ação no aparelho gastrointestinal
  • Plantas medicinais com características adaptogénicas e imuno-estimulantes
  • Toxicidade dos medicamentos à base de plantas
  • Contraindicações, precauções, efeitos secundários
  • Interações entre plantas medicinais/alimentos/medicamentos

Ver Condições Gerais do Curso

1.1. Definição e alteração de horários, locais e cronograma

A definição dos horários, locais e cronograma dos cursos deverão ser feitos antecipadamente e disponibilizados via web a todos os formandos. Estará salvaguardado que, na definição dos três critérios acima descritos, os mesmos devem ser adequados às especificidades e características de cada curso, bem como ao público-alvo a que se destinam.

A formação poderá vir a ser alterada, podendo a Empower Up, a todo o tempo e nos termos previstos nas Regras de Funcionamento, indicar outro cronograma para a realização da formação. Todos os formandos serão devidamente avisados das potenciais alterações.

As alterações do plano previsto, pelas razões referidas no ponto anterior, não conferem ao formando o direito a qualquer indemnização.

1.2. Interrupções, alterações e possibilidade de repetição de cursos e módulos

Caberá ao Coordenador Pedagógico da Empower Up a interrupção, alteração ou repetição de uma ação de formação ou módulo, bem como a alteração da duração dos módulos e do curso, desde que perfeitamente justificável e comunicada à totalidade dos formandos. Em todas as situações, deverá estar sempre salvaguardado o cumprimento dos objetivos técnico-pedagógicos do curso e as competências a adquirir/desenvolver. Tendo sempre em conta o feedback dos formandos e dos formadores, salvaguardando a aprendizagem dos formandos.

1.3. Cancelamento e adiamento de ações de formação/módulos

A Empower Up pode anular ou adiar qualquer ação programada para a qual o número de inscrições seja insuficiente, ou por qualquer outro motivo de gestão. Esta situação poderá ocorrer até cinco dias úteis antes da data de início da formação.

A Coordenação pode adiar qualquer módulo, quando se verifique uma das seguintes situações:

  • Falta de comparência do formador e não haja possibilidade de substituição;
  • Comparência de apenas 10% do total de formandos na turma.
  • Os formandos serão sempre avisados da decisão tomada.

1.4. Pagamentos, descontos e devoluções

A inscrição dos formandos no curso só é concretizada com o pagamento da inscrição. As propinas de frequência devem ser pagas mensalmente, até ao dia 8 de cada mês, de forma sucessiva.

Em casos excecionais, o pagamento da mensalidade poderá ser efetuado do dia 1 ao dia 30 de cada mês, tendo o formando de avisar a coordenação desta situação.

O pagamento dos cursos poderá sofrer desconto perante algumas situações:

  • A pronto pagamento – será efetuado um desconto de 10% no valor total do curso.
  • Caso seja o segundo curso que o formando realiza com a Empower Up – será efetuado um desconto de 10% no valor total do curso.
  • Caso o formando se inscreva em dois cursos em simultâneo – será efetuado um desconto de 10% no somatório dos valores dos dois cursos.

Caso algum formando desista do curso até 10 dias úteis antes da data de início do mesmo, ser-lhe-á devolvido o valor da inscrição. Caso a desistência seja efetuada após essa data, o valor da inscrição não será devolvido.

Os formandos poderão desistir do curso em qualquer momento, após o início da ação de formação, sem terem de continuar a realizar o pagamento das propinas, bastando que informem a Empower Up da sua desistência, por escrito, através de Carta ou Email. Os formandos apenas têm a obrigação de efetuar o pagamento das propinas até ao mês em que comunicam a sua desistência. Qualquer valor pago relativo a propinas de meses posteriores à desistência do curso será devolvido aos formandos.

Formadores

Fique a saber mais sobre os nossos cursos

Preencha todos os campos do formulário e envie‑nos. Entraremos em contacto, sem compromisso, para esclarecer todas as suas dúvidas.

Nome

E-mail

Telefone

Quero informações sobre…

Cidade em que tenho interesse


Parcerias

Quero saber mais…

Nome

E-mail

Telefone

Quero informações sobre…

Cidade em que tenho interesse